RSS

Doleiro Alberto Yousseff afirma que Aécio Neves recebeu propina de Furnas

26 ago

Postado: Brasil de Fato

Delator também reafirmou que o ex-presidente do PSDB, Sergio Guerra, recebeu R$ 10 milhões para abafar CPI da Petrobras em 2009.

LM-AECIONEVES-20150818-12

Em acareação realizada nesta terça-feira (25) com o ex-diretor de abastecimento de Petrobras Paulo Roberto Costa, o doleiro Alberto Yousseff confirmou aos deputados que o senador Aécio neves recebeu dinheiro desviado de Furnas. O procedimento fez parte da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras.

A revelação foi feita ao deputado Jorge Sola (PT-BA), quando este questionou Yousseff se ele confirmava que o então governador de Minas Gerais havia recebido dinheiro desviado da estatal. “Eu confirmo por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre, e eu era operador dele”, disse.

Além de Aécio, o ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra também foi citado como receptor de R$ 10 milhões para abafar uma CPI para investigar irregularidades da Petrobras em 2009. Yousseff declarou que o dinheiro teria sido pago pela empreiteira Camargo Correa. Costa declarou ele foi procurado por Guerra e pelo deputado Eduardo da Fonte (PP-PE). “De minha parte, posso dizer que eles receberam”, afirmou.

Cobertura da mídia

Muitos internautas criticaram a cobertura que a imprensa deu ao caso. O portal de notícias UOL publicou, às 19h37, uma manchete onde se lia: “Yousseff e Costa confirmam repasse de propina a Aécio e Sérgio Guerra”. Porém, às 20h24 o nome dos dois foram suprimidos do título, que se transformou em “Delatores Yousseff e Costa mencionam repasse de propinas a tucanos”. A expressão “podemos tirar se achar melhor”, utilizada em comentários relacionados ao caso no Twitter, entrou para os trending topics.

Outra que causou polêmica foi a comentarista da Globo News e colunista do Estado de S. Paulo Eliane Cantanhêde. Ela foi questionada no twitter o motivo do jornal ao qual participa, o Em Pauta, não ter tocado no assuntos dos envolvimentos dos tucanos no escândalo. Cantanhêde se defendeu dizendo que se tratava de muitas informações ao mesmo tempo e que iria “tentar encaixar” o assunto em algum de seus próximos comentários.

O portal Uol foi procurado pela reportagem mas não respondeu os questionamentos até o fechamento da matéria.

Assista o Vídeo no UOL – Click Aqui

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26/08/2015 em Nacional

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: