RSS

Uma semente chamada Vito Giannotti

27 jul

Estamos de luto porque perdemos sexta-feira, dia 24 de julho, o companheiro Vito Giannotti. Nascido na Itália, brasileiro de coração, Vito foi operário, da produção material e da comunicação popular.

Da Redação no Rio de Janeiro (RJ)

Brasil de Fato

vito

Essa semana o Brasil de Fato vive um misto de tristeza e alegria.

Estamos de luto porque perdemos sexta-feira, dia 24 de julho, o companheiro Vito Giannotti. Nascido na Itália, brasileiro de coração, Vito foi operário, da produção material e da comunicação popular.

Vito foi a semente que deu bons frutos. Diversos veículos da imprensa chamada de “alternativa” o tiveram como mentor. Sua contribuição para a imprensa sindical e popular no país dificilmente será igualada.

Diálogo com povo

Expansivo, dedicado, “boca suja”, atencioso, extremamente comprometido em dialogar com o povo e fazer a “batalha das ideias”, Vito colaborava conosco há dois anos no Brasil de Fato – RJ. Membro fundador de nosso conselho editorial, Vito contribuiu enormemente para que o jornal tivesse a linha editorial, a diagramação e a qualidade gráfica que tem. A despeito da idade, seu entusiasmo com essa experiência dos tablóides regionais do Brasil de Fato faziam-no parecer um menino.

Nos 12 anos de experiência do Brasil de Fato nacional e nos dois de existência dos tablóides regionais, fomos muito felizes por contar com seu alto astral – mesmo quando adquiria uma aparência ranzinza -, com seus conhecimentos e sua inspiradora determinação de seguir em frente, mesmo diante das maiores dificuldades.

Essa partida não poderia ter acontecido em um momento que gerasse mais sentimentos contraditórios do que o presente. Exatamente nesse momento da dor que a perda do Vito nos gera, estamos, por outro lado, muito felizes com algo que vinha deixando-o extasiado: hoje, segunda-feira, dia 27 de julho de 2015, iniciamos uma nova fase no Brasil de Fato – RJ. Os leitores no Rio de Janeiro receberam hoje, pela primeira vez, a segunda edição semanal.

A partir de agora, os cariocas nos encontrarão, nas ruas e na internet, toda segunda e quinta.

Levaremos adiante esse projeto com o qual Vito Giannotti sonhava. A semente dará à luz a muitos bons frutos mais. Batalharemos até que o Brasil de Fato RJ seja um jornal diário e para que a classe trabalhadora construa mais instrumentos de comunicação para travar a luta contra os veículos da mídia patronal.

Muitos anos e muitas novas centenas de edições o Brasil de Fato – RJ terá pela frente. Tudo isso por conta da semente chamada Vito Giannotti.

Camarada Vito Giannotti: presente, presente, presente!!!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 27/07/2015 em Artigo

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: