RSS

Debate na Band confirma: Castilho é a melhor alternativa para Osasco

19 ago

debate na Band

Délbio Teruel PTB – Alexandre Castilho PSOL– João Paulo PT- Mediador-Celso Giglio PSDB -Reinaldo Mota-PMN – Osvaldo Verginio – PSD

Durante o debate na TV Bandeirantes, na manhã de sábado, 18 de agosto, o candidato do PSOL Alexandre Castilho comprovou mais uma vez que é a opção de mudança pra valer para a cidade de Osasco.Todos os candidatos a prefeito de Osasco participaram do programa, que foi transmitido ao vivo para toda a Grande São Paulo.

Castilho mostrou que tem independência política, não tem ligação com o poder econômico nem com os grupos políticos que já governaram ou governam a cidade, por outro lado, tem apoio nos movimentos sociais, no funcionalismo público e nas comunidades.

Castilho foi o único a tocar em temas polêmicos, mas fundamentais na atual conjuntura eleitoral, ganhou destaque na cobertura do debate feita pelo Portal UOL por ter tratado de cara, já na primeira pergunta feita ao deputado João Paulo Cunha, do mensalão e do financiamento privado de campanha.

No decorrer do debate Castilho deixou claro que Osasco não pode viver só de propaganda, com folhetos e encartes bem produzidos que tentam vender a imagem de uma cidade perfeita, fez questão de tocar nos principais problemas enfrentados pelo município, como a saúde pública, a educação, o transporte e o cabide de emprego que se tornou a prefeitura.

Indagado sobre a questão do transporte público, lembrou das promessas de campanha de 2004 e 2008 não cumpridas até hoje pelo Emidio de implantação do bilhete único.

Enchentes

O combate às enchentes e o problema crônico do Jardim Rochdalle foi abordado no debate a partir de uma pergunta feita por um jornalista da Band. O tema ilustra bem um aspecto decisivo desta campanha e ressaltado por Castilho em sua fala, tanto o Celso Gigliio e os tucanos como o Emidio e os petistas já governaram o município. Giglio, e seu preposto Silas, por 12 anos, Emidio por 8 anos. Em ambos os governos as promessas de acabar com as enchentes no Rochdalle foram recorrentes, no entanto, até hoje este problema persiste e foi agravado nos últimos anos. Castilho deixou claro que ambos os grupos já tiveram oportunidade de governar Osasco e não mudaram nada, de que está na hora de uma mudança pra valer.

Combate à corrupção e ética na política

O jornalista da TV Bandeirantes Sandro Barbosa questionou João Paulo Cunha sobre o voto pela condenação no STF e perguntou como o candidato conseguirá convencer o eleitor de Osasco a votar nele diante dessa situação. O jornalista escolheu o Castilho para fazer o comentário. João Paulo como sempre deu uma resposta evasiva, procurando diferenciar o que é gestão pública do caso do mensalão, o que na prática são coisas inseparáveis, já que as principais acusações que pesam sobre ele é justamente o de usar um cargo público, o de presidente da Câmara, para beneficiar e se autobeneficiar de um esquema de corrupção operado por Marcos Valério.

Castilho foi direto ao ponto ao comentar a resposta do João Paulo, “O dinheiro vem para a cidade de Osasco. Vem dinheiro do governo federal, mas também vem de outras fontes, como Marcos Valério e companhia, mas o dinheiro não está chegando para a população”. Castilho lembrou que João Paulo trouxe Marcos Valério para Osasco, foi o publicitário mineiro que fez a campanha a prefeito do Emidio em 2004.

Diferente dos outros candidatos

Castilho reafirmou que o PSOL é um partido diferente, que apesar de ainda jovem, já trouxe importantes contribuições para o debate e a democracia brasileira. O PSOL tem se destacado no combate à corrupção, na defesa do meio ambiente e na luta por mais verbas para educação. Novamente o PSOL tem todos os seus parlamentares como finalistas do Prêmio Congresso em Foco, escolhidos por centenas de jornalistas como os melhores do Congresso Nacional. Toda essa coerência foi lembrada por Castilho ao afirmar que se Giglio e o PT já estiveram no governo, Delbio e Verginio também, ambos já presidiram a Câmara Municipal e em suas gestões o legislativo ficou completamente atrelado aos interesses do executivo.

Mais uma vez ficou claro que a alternativa de verdade, que traz uma proposta nova, com um programa aberto e em permanente diálogo com a sociedade civil e com as reivindicações da população é o PSOL e a Frente de Esquerda.

Castilho lembrou a importância de eleger vereadores do PSOL e da Frente de Esquerda, da luta por uma Câmara Municipal independente, que de fato fiscalize o executivo e legisle a favor dos interesses da população.

A campanha segue nas ruas, praças, feiras livres, escolas, comunidades, locais de trabalho, o PSOL segue na campanha do tostão contra o milhão, de Davi contra Golias, com uma campanha simples, mas aguerrida, enfrentando os poderosos e deixando claro que você tem, sim, opção de mudança em Osasco, você tem o PSOL!

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 19/08/2012 em Debates, Politíca, psol

 

Tags:

Uma resposta para “Debate na Band confirma: Castilho é a melhor alternativa para Osasco

  1. william

    25/08/2012 at 3:00 am

    osasco precisa mesmo de mudança urgente o povo nao esta mais aguentando ficar a ver navios ,nao vejo a hora de termos uma grande mudança e muita gente ganhando dinheiro sem fazer nada 8 anos ja deu o que tinha que da ,nao adianta mudar de lider se a bandeira e a mesma ,acorda povo de osasco.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: