RSS

Fotografias da ditadura são liberadas para consulta

20 jul

RUBENS VALENTE
DE BRASÍLIA

Postado Folha de São Paulo

Vlado foi achado morto, pendurado pelo pescoço, numa cela do DOI-Codi (unidade do Exército) em São Paulo, após tortura. O corpo foi colocado no chão para que as fotos fossem tiradas. O fotógrafo é identificado por “Jorge”. A ditadura divulgou a morte como suicídio, versão questionada desde o início.

Várias imagens documentam ações pela Lei da Anistia. O cantor Milton Nascimento, os atores Sérgio Britto e Osmar Prado e as atrizes Renata Sorrah e Lucélia Santos, segundo identificação no verso, foram fotografados à distância no Rio de Janeiro.

Nas fotos da armas da VAR-Palmares, as legendas dizem que o material foi apreendido em 14 de janeiro de 1970 pela Oban (Operação Bandeirante) em três apartamentos em São Paulo e um em Osasco: cinco pistolas, dois revólveres, uma carabina, uma metralhadora e bombas de gás lacrimogêneo.

Segundo relatório do SNI, “a VAR-Palmares dispõe de bastante numerário, oriundo do roubo do cofre” da “amante” do ex-governador de São Paulo Adhemar de Barros. O texto, que acompanha as imagens, relata que 15 integrantes do grupo foram presos. Há referência à “Luiza”, um dos codinomes de Dilma na época.

 

 

164758-400x600-1

Foto do corpo do jornalista Vladimir Herzog tirada após a autópsia, em 25 de outubro de 1975; o jornalista morreu após sofrer torturas no DOI-Codi de SP

164757-400x600-1

Foto do corpo do jornalista Vladimir Herzog tirada após a autópsia, em 25 de outubro de 1975; o jornalista morreu após sofrer torturas no DOI-Codi de SP

164863-400x600-1

Foto do corpo do jornalista Vladimir Herzog tirada após a autópsia, em 25 de outubro de 1975; o jornalista morreu após sofrer torturas no DOI-Codi de SP

164769-970x600-1

Foto no Arquivo Nacional que faz parte de lote de imagens tiradas por araponga durante a ditadura militar; na foto, os atores Antonio Pedro (de camisa clara) e Osmar Prado (camisa xadrez) fotografados pelo SNI durante a ditadura militar

164770-970x600-1

Foto no Arquivo Nacional mostra militante durante ato em prol da Lei da Anistia; o registro identifica como sendo a atriz Lucélia Santos, mas a atriz nega ser ela na foto

164771-970x600-1

Imagem no acervo do Arquivo Nacional mostra homem identificado pelo SNI como quem colocou aparelhagem de som na fonte de energia durante atividade em prol da Lei da Anistia no Rio

164774-970x600-1

Renata Sorrah e artista não identificado durante atividade em prol da Lei da Anistia

164775-970x600-1

Imagem no acervo do Arquivo Nacional mostra atividade em prol da Lei da Anistia no Rio que contou com a participação de artistas; no destaque, Carlos Vereza

164776-970x600-1 (1)

Osmar Prado (camisa xadrez) em atividade em prol da Lei da Anistia no Rio

Anúncios
 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: