RSS

Metalúrgicos do Estaleiro Ultratec (UTC) conquistam 10% de reajuste e nenhum desconto dos dias de greve

07 jul

 

05 de Julho de 2012
Intersindical

No último dia 04/06 os metalúrgicos do estaleiro UTC Engenharia, de Niterói-RJ, conquistaram uma grande vitória. Após paralisação de três dias, a empresa aceitou negociar com a Comissão de Trabalhadores eleita em assembleia.

Depois de muitas idas e vindas e várias tentativas da patronal de enrolar os trabalhadores, o Estaleiro UTC aceitou avançar na proposta até então feita para toda a categoria, e conceder 10% de reajuste salarial, vale alimentação de R$ 250 e nenhum desconto dos quatorze dias da greve.

Cabe lembrar que após a longa e massiva greve, realizada entre os dias 31/05 a 17/06, as empresas propuseram um reajuste de 8%, vale alimentação de R$ 190 (apenas para quem não tiver falta ou atrasos) e desconto de metade dos dias de greve. Outra questão a ser ressaltada é que a direção do sindicato, mais uma vez, se recusou a levar para a empresa as reivindicações dos trabalhadores da UTC e sequer participou das negociações.

Os metalúrgicos da UTC deram, assim, um grande exemplo para os trabalhadores de todos os estaleiros. “Após a assinatura deste acordo entre a UTC e a comissão de trabalhadores, os metalúrgicos dos demais estaleiros exigem o mesmo tratamento”, lembra José Batista Júnior, diretor do sindicato e dirigente da oposição metalúrgica. “Hoje mesmo fomos até o Estaleiro Enaval, onde os trabalhadores já estão querendo paralisar as atividades. Nos demais estaleiros, os metalúrgicos já deixaram claro: queremos 10% de reajuste, nenhum desconto dos dias da greve e vale alimentação de R$ 250. Do contrário, a greve vai voltar”, conclui Júnior, Militante da INTERSINDICAL. 

Saiba mais sobre a Campanha Salarial dos Metalúrgicos de Niterói

LEIA TAMBÉM:

 Cada vez mais portentosa, indústria naval precariza e terceiriza seus trabalhadores

Greve suspensa nos metalúrgicos de Niterói

Greve dos metalúrgicos de Niterói

Metalúrgicos de Niterói seguem firmes na luta e decidem manter greve

Metalúrgicos de Niterói: após audiência, patronal não oferece proposta e greve se fortifica

STX ameaça não pagar adiantamento a trabalhadores que fazem greve

Anúncios
 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: